Estes nunca saem de moda

Moda
A humanidade joga bola há 6.500 anos, desde Japão, China, Grécia e Roma até os habitantes da América Central antes de Colombo

Por Denilson Oliveira

● Dez brinquedos dos tempos do nunca que estão aí até hoje

► Do Egito Antigo, passando pelos impérios romano e grego, até a revolução tecnológica pós-segunda guerra, sempre na moda. Saiba como alguns brinquedos populares surgiram.

Boneca, pipa e jogos de tabuleiro, por exemplo, faziam sucesso desde a época em que nossos avós eram pequenos ou muuuuuuito antes! E até o videogame, o mais novo da turma, está com quase 70 anos!

Moda

Pipas, dominó, xadrez e bolas de gude têm muita História pra contar, com H maiúsculo…

Você sabe a origem dessas brincadeiras, que vêm de séculos ou até milênios atrás? O portal avŏsidade foi atrás e descobriu coisas muito interessantes.

Bola

A bola é um dos brinquedos mais antigos que existe. Há 6.500 anos já eram feitas de fibra de bambu, no Japão, e de pelos de animais, na China. Romanos e gregos usavam tiras de couro, penas e até bexiga de boi para confeccionar suas bolas. E o famoso jogo de bola dos maias, com seu final horripilante?

Bola de gude

As bolas de gude mais antigas já encontradas são semipreciosas e estavam no túmulo de uma criança egípcia, de 3 mil a.C. Seu uso chegou a Roma e foi difundido pela expansão Império Romano.

Boneca

No Antigo Egito, foram encontradas bonecas em túmulos de crianças no período entre 3 mil e 2 mil a.C. As peças eram feitas de madeira e banhadas na argila, com cabelos de verdade. Segundo os pesquisadores, as bonecas eram colocadas no túmulo para a criança brincar em vidas futuras.

Moda

Esta boneca de madeira de 1750 fez tanto sucesso que se tornou peça de museu

Já na Grécia Antiga e em Roma, nos rituais que antecediam o casamento, as noivas entregavam suas bonecas e outros brinquedos à deusa Ártemis, simbolizando o fim da infância. E na Europa, especialmente na França e na Alemanha, a partir do século 15, a fabricação começou a alimentar um próspero comércio.

Dominó

O jogo surgiu na China e sua criação é atribuída ao soldado chinês Hung Ming, que viveu de 243 a.C a 182 a.C. Ele teve a ideia de estender dados no chão da maneira com o dominó e jogado. No Brasil, o jogo chegou através dos portugueses no século 16 e virou passatempo dos escravos.

Jogos de Tabuleiro

Xadrez, damas, gamão, ludo e muitos outros. Os primeiros jogos de tabuleiro surgiram há 4 mil anos, em civilizações como Egito e Mesopotâmia. Foram muito populares na Grécia e em Roma, antes de se espalharam por toda Europa e depois para a América. Normalmente são jogados por duas pessoas, mas existem alguns jogos que admitem até seis pessoas.

Marionete

Nome que vem de Marion, diminutivo de Maria. Sua origem está relacionada com o nascimento do teatro, no século 16. Os chineses passaram a utilizar estatuetas como personagens de espetáculos. Ficaram tão conhecidas que as crianças passaram a desejá-las como brinquedos.

Pipa moda

Também conhecidas como papagaio ou arraia, as pipas nasceram na China antiga, por volta de 1.200 a.C. Foram utilizadas como objeto de sinalização militar. Os sinais eram definidos de acordo com a cor e movimento a que pipa desenvolvia no ar.

O americano Benjamin Franklin, político que negociou a independência de seu país e também era inventor, usou uma pipa para investigar fenômenos naturais e com isso acabou por inventar o para-raios.

Quebra-cabeça

Foi inventado 1763, pelo inglês John Spilsbury, que fazia mapas e gravuras. Ele teve a ideia de criar um mapa dividido em peças de madeira para ajudar os professores a ensinar geografia para as crianças. moda

Urso de pelúcia

Duas histórias explicam a criação do urso de pelúcia. Uma versão conta que foi inventado no final do século 19, nos Estados Unidos. E ficou conhecido como “teddy bear” por um motivo curioso: o presidente americano Theodore Roosevelt, cujo apelido era Teddy, se recusou a participar de uma caçada de ursos em 1902. Um fabricante de ursinhos de pelúcia decidiu batizá-los em homenagem à atitude de Roosevelt.

Moda

Quebra-cabeça de geografia, marionete chinesa, urso de pelúcia e o videogame Odyssey 100

A outra versão aponta para a Alemanha: o desenhista de brinquedos alemão Richard Steiff viu uma apresentação de ursos de verdade e teve a ideia de fazer um urso de brinquedo. Em 1903, ele exibiu seu novo brinquedo na Feira de Brinquedos de Leipzig.

E aí tem uma terceira versão que junta as duas anteriores: um comerciante americano foi à feira na Alemanha e gostou tanto da invenção de Steiff que em encomendou 3 mil ursinhos para vender em seu país, onde todos ainda comentavam a história da caçada… E aí a moda pegou!

Videogame

Inicialmente chamado de videojogo, o videogame foi criado em 1949 pelo engenheiro americano Ralph Baer. Ele queria construir algo especial, inovador, e pensou em fazer uma TV que pudesse ser usada para jogos. Contudo, teve que esperar muito para ver sua ideia realizada, pois apenas em 1968 foi lançado o Odyssey 100, o primeiro console da história.

E mais…

Veja também no portal avŏsidade:

Abecedário de Personagens do Folclore

A fórmula da felicidade

Para os dias de chuva, ou mesmo para dias lindos, jogo da onça

Bambalalão, senhor capitão…

Xô terrorismo, uma canção de ninar belga

O livro ideal conforme a idade da criança

Dona Hilda, Seu Inácio e o neto do meio

Acompanhe o portal avŏsidade também no Facebook!

 

Denilson Oliveira é jornalista e colaborador assíduo do portal avŏsidade, e o neto do meio de dona Hilda e seu Inácio

Posts relacionados

*

Topo