Nesta terça-feira, reinvente-se com o novo evento do avŏsidade

Terça-feira

O mundo mudou pra todos, de todas as idades, e, pra não ficarmos para trás, a onda agora é reinventar-se na maturidade. Nesta terça-feira, dia 4 de junho, venha conhecer histórias instigantes de pessoas que se reinventam na maturidade. É o novo evento do portal avŏsidade na Unibes Cultural. A participação é gratuita. Inscrições abertas. Aproveite e reinvente-se você também! Mais informações no canal vŏ fala.

Por sua vez, a aba galeria de vŏ está imperdível com um projeto de fotografia documental de família, para guardar as recordações dos momentos mais marcantes vividos juntos, com o olhar experiente da fotógrafa. Uma galeria com lindas imagens que vão ficar para sempre.

Terça-feira

E o canal vŏ brinca e canta traz uma dica preciosa: três livros feitos para serem lidos em conjunto por avós e netos, aproximando gerações. Para crianças de até 6 anos e seus avós que conheceram outros tempos, mas permanecem ativos e participantes da vida dos netos. Repare nas lindas ilustrações dessa obra escrita por uma avó e uma tia-avó.

Temos ainda a vez dos netos crescidos. “A coisa que eu mais vi minha vó fazer na vida foi cozinhar. Ela é minha inspiração”, diz um dos chefs de cozinha de maior destaque no país. Ele diz que passa para a comida que faz a memória afetiva da avó à beira do fogão. Você não pode perder essa história no canal neto curte vŏ.

E mais… terça-feira

Você pediu que ela voltasse e a nossa advogada retorna à seção palavra de especialista, na aba vŏ aprende, e chega sentenciando: família do coração vale igual à biológica. Traduzindo a nova palavra multiparentalidade: é a legitimação da paternidade ou maternidade do padrasto ou madrasta que ama, cria e cuida. Demais, não é? Não perca!

E as novidades ainda não acabaram. O canal vŏ escreve traz as lembranças de uma avó sobre o valor do instinto maternal. Um manifesto por uma maternidade mais leve. Como é bom, com a experiência de vida acumulada, repassar na memória os fatos da juventude! Aqui, a autora se lembra da chegada da maternidade e conta que, como todas as mães de primeira viagem, não sabia o que fazer.

Obrigado pela visita e volte sempre.

Então. Então. Então. Então. Então. Então. Então. Então. Então. Então.

Posts relacionados

*

Topo