Ser avô é que é

Ser
Para o autor, avô de primeira viagem, ter netos é o coroamento da vida e ninguém deveria ser privado desta doce experiência

Por Wagner Yoshihara

Duas vezes pai, eu achava que as sensações seriam insuperáveis

Sou avô há dois anos. Certamente a maior alegria e emoção da minha vida. Até então, nas duas vezes em que fui pai, eu achava que as sensações seriam insuperáveis. Ser.

Mas me enganei, a de ser avô é que é.

Uma coisa provoca uma ansiedade muito grande, a distância. Minha filha se mudou quase adolescente para a Espanha para fazer faculdade e por lá ficou.

Então, converso com o Max diariamente por Whatsapp, santa tecnologia.

Desta forma vamos acompanhando as mudanças de um bebê para uma criança, os dentinhos apontando, engatinhando, andando pele primeira vez, segurando as mãos dos avós, interagindo com o seu desenho favorito, rabiscando com o lápis de cor, folheando livros de animais.

Duas vezes por ano nos encontramos, duas semanas lá e duas semanas cá.

A nossa ida para lá estava programada para julho, para coincidir com suas férias escolares, porém os voos foram suspensos e não sabemos quando poderemos ir.

Sem remédios nem dieta Ser

Quando estou lá, parece que fui para outra dimensão, onde o tempo anda num ritmo diferente, me dá a sensação de andar nas nuvens.

Por falar em andar, por prescrição médica devo caminhar muito, o que não faço quase nunca, mas nas duas semanas em Barcelona eu ando mais que nas 50 restantes aqui.

Vamos passear nas praças, parques e nas grandes avenidas, por horas, e não sinto o tempo, a distância e o cansaço.

Digo que se morasse lá provavelmente não precisaria mais dos remédios e da dieta.

Ele já vai à escolinha e ouve catalão, lá e com os avós paternos, e minha filha fala em português para ele aprender a se comunicar conosco.

Ser

É o primeiro neto na minha família e da minha mulher também. Então, sua estadia conosco é um acontecimento que mobiliza muitos tios-avós e tios.

Ainda não fala direito, está começando a tentar se comunicar pela voz, mas já entende tudo, e sabe muito bem o que quer.

Nessa idade já dá para antever como será sua personalidade, seus gostos.

Acho que netos são o coroamento da nossa vida, ninguém deveria ser privado desta doce experiência.

Então. Pois. Então. Pois. Então. Pois.

Então. Pois. Então. Pois. Então. Pois.

E mais…

Veja também no portal avŏsidade:

Os netos do vovô Alceu

Poderíamos ter netos sem ter filhos

Bem-vindo, vírus

Netos em três continentes

Helena

Então. Pois. Então. Pois. Então. Pois.

Então. Pois. Então. Pois. Então. Pois.

Acompanhe o portal avŏsidade também no Facebook e no Instagram!

 

Wagner Yoshihara é publicitário e avô do Max

Posts relacionados

*

Topo