A casa que forma novas plateias

Casa
O músico Paulo Bira apresenta canções, histórias e curiosidades sobre animais da fauna brasileira, estimulando o interesse pela natureza

Por Jorge Luiz de Souza

Série de espetáculos nas tardes dos finais de semana

É uma programação de espetáculos infantis com música de qualidade. Este é o projeto da Casa Natura Musical, que fica em São Paulo e acaba de fazer um ano. O objetivo é formar novas plateias despertando nas crianças o interesse pela diversidade sonora e pelas possibilidades rítmicas. Isso inclui apresentar variadas expressões artísticas, como mímica, mágica, dança, teatro e circo.

O nome da casa deriva da empresa que a patrocina. O próximo espetáculo é Barulhinho, Barulhão, com o grupo Tiquequê (no sábado, 4 de agosto). Em seguida tem Brasileirinhos – Música para os Bichos do Brasil, com canções, histórias e curiosidades sobre animais da fauna brasileira, que você já conheceu aqui no portal avŏsidade (clique aqui). Será no domingo, dia 19 de agosto. E no domingo, 2 de setembro, será a vez de Os Saltimbancos, com a banda Estralo.

Nesse primeiro ano de atividade, já passaram pela casa o Circo Zanni (circo clássico que tinha a direção artística de Domingos Montagner), Barbatuques, Badulaque e Grupo Triii (dedicado à educação musical infantil, com ações interativas). Também se apresentaram o Beatles para Crianças (que ganharam o certificado “Meu Primeiro Show de Rock”), Mawaca (músicas de várias partes do mundo) e Isadora Canto, com o show Vida de Criança.

Barulhinho, Barulhão, com Tiquequê casa

É um grupo formado por Isabel Tatit, Diana Tatit e Wem, que apresenta o novo espetáculo infantil Barulhinho, Barulhão. Mas o grupo há tem história: são 17 anos de carreira.

Uma tela branca, composta por tiras de tecido, onde se projeta um vídeo que mostra Bel, Diana e Wem vindo correndo lá de longe em direção ao público. E, como se fosse mágica, os artistas saltam do vídeo e aparecem realmente no palco. o trabalho do grupo encanta não só os pequenos, mas também seus pais e avós.

Casa

O repertório tem composições inéditas e algumas já bastante conhecidas, como Trava-Língua, Quero Começar, Nasceu Mamãe e Dente Mole. Juntam-se a essas, releituras de músicas e brincadeiras do cancioneiro infantil, como Adoletá, Caranguejo Não é Peixe e Pirulito Que Bate Bate.

O trio do Tiquequê é acompanhado pelos músicos convidados Rodrigo Fujikawa e Eric Brandão, que complementam os arranjos com violão, baixo, guitarra e bateria.

Brasileirinhos – Música para os Bichos do Brasil

O músico Paulo Bira apresenta um show com canções, histórias e curiosidades sobre animais da fauna brasileira. No palco, Paulo Bira (violão e voz), acompanhado por Guegué Medeiros (percussão e voz), Edu Diegues (baixo), Simone Julian e Beto Sporleder (saxes, flautas e vozes).

O show mostra essa riqueza da fauna brasileira para as crianças com alegria e bom humor, incentivando uma relação afetiva e de curiosidade entre as crianças e esses bichos. As canções ressaltam a personalidade e particularidades desses bichos e convidam o público a levar essa curiosidade para além do espetáculo, estimulando, assim, o interesse pela natureza, fauna e ecologia.

O repertório do show tem como base o CD Brasileirinhos – Música para os Bichos do Brasil, com letras de Lalau e melodias de Paulo Bira, cada uma delas sobre um animal que corre risco de extinção, sempre com leveza e bom humor, procurando cativar as crianças com a graça das canções e despertando sua curiosidade.

Entre as músicas, Peixe-boi, Tatu-bola, Preguiça-de-coleira, Urubu-rei, Periquitambóia e Lobo-guará. O poeta Lalau e a ilustradora Laurabeatriz também criaram a série de livros – quatro títulos editados pela Cosac & Naify.

Os Saltimbancos, com a Banda Estralo

O show é inspirado no disco Os Saltimbancos, espetáculo musical infantil italiano da década de 1970, baseado em um conto clássico dos irmãos Grimm, e que no Brasil ganhou versão de Chico Buarque – ele também acrescentou novas músicas de sua autoria.

A Banda Estralo está há 9 anos no cenário cultural brasileiro. Em 2016, foi indicada ao Prêmio da Música Brasileira, na categoria Melhor CD Infantil com o CD Estórias de Cantar.

Casa

A Casa Natura Musical foi criada pela cantora e compositora Vanessa da Mata, acompanhada pelos empresários Paulinho Rosa e Edgard Radesca (este foi o fundador do Bourbon Street Music Club).

Está localizada na esquina da rua Artur de Azevedo com a rua dos Pinheiros, entre as estações do Metrô Fradique Coutinho e Faria Lima, próxima a linhas de ônibus e ciclovias.

Serviço

Barulhinho, Barulhão – trio Tiquequê
Sábado, 4 de agosto, às 16h30
Abertura da Casa: 15h
Ingressos:
Meia-entrada para todos os setores (crianças de 2 a 12 anos, estudantes e idosos)
Gratuito para crianças de colo (até completar 2 anos)
Plateia (inteira): R$ 120 (setor 1) e R$ 80 (setor 2)
Bistrô superior (inteira): R$ 140
Camarote (inteira): R$ 140
Lotação para este show: 480 lugares
Classificação etária: livre (menor de 12 acompanhado pelos pais ou responsáveis)

Brasileirinhos – Música para os Bichos do Brasil – Paulo Bira e banda
Domingo, 19 de agosto, às 16h30
Abertura da Casa: 15h
Ingressos:
Meia-entrada para todos os setores (crianças de 2 a 12 anos, estudantes e idosos)
Gratuito para crianças de colo (até completar 2 anos)
Plateia (inteira): R$ 50 (setor 1) e R$ 40 (setor 2)
Bistrô superior (inteira): R$ 100
Camarote (inteira): R$ 100
Lotação para este show: 480 lugares
Classificação etária: livre (menor de 12 acompanhado pelos pais ou responsáveis)

Os Saltimbancos, com Banda Estralo
Domingo, 2 de setembro, às 16h30
Abertura da Casa: 15h
Ingressos:
Meia-entrada para todos os setores (crianças de 2 a 12 anos, estudantes e idosos)
Gratuito para crianças de colo (até completar 2 anos)
Plateia (inteira): R$ 80 (setor 1) e R$ 60 (setor 2)
Bistrô superior (inteira): R$ 120
Camarote (inteira): R$ 120
Lotação para este show: 480 lugares
Classificação etária: livre (menor de 12 acompanhado pelos pais ou responsáveis)

Casa Natura Musical
Rua Artur de Azevedo, 2134, Pinheiros, São Paulo
Ingressos sem taxa de conveniência na bilheteria da Casa (pagamento em dinheiro e cartões de crédito e débito)
Horário da bilheteria: de terça a sábado, das 12h às 20h, e nas segundas e domingos, quando houver show.
Vendas de ingressos: Eventim (SAC 4003-6860 – também atende pessoas com deficiência auditiva)

Mais informações pela internet:

– www.eventim.com.br
– www.casanaturamusical.com.br
– https://www.facebook.com/CasaNaturaMusical
– https://www.instagram.com/casanaturamusical/
– www.twitter.com/casanaturamus

Então. Então. Então. Então. Então. Então. Então. Então. Então. Então.

E mais…

Veja também no portal avŏsidade:

Musical dá vida aos bichos e encanta famílias

Conheça algumas curiosidades sobre cantigas brasileiras

20 museus para curtir com os netos sem pagar nada

O livro ideal conforme a idade da criança

Dodu, o novo herói português de animação

Contação de histórias assombrosas

 

 

Acompanhe o portal avŏsidade também no Facebook!

Então. Então. Então. Então. Então. Então. Então. Então. Então. Então.

Jorge Luiz de Souza é jornalista, editor do portal avǒsidade e avô de Mateus, Sofia, Rafael, Natalia, Andrew e Thomas

Posts relacionados

*

Topo