Evento do Lab60+ esclarece doença pouco conhecida, a FPI

Lab60
O pneumologista Mauro Gomes abordou causas, sintomas e tratamento da Fibrose Pulmonar Idiopática e esclareceu dúvidas dos participantes

Palestra precedeu a Semana Mundial da Fibrose Pulmonar Idiopática

No último dia 11 de setembro, o movimento Lab60+ realizou, em parceria com a Boehringer Ingelheim, mais uma edição do evento Café com Vida. O evento, com uma dinâmica inovadora que combina exposições bem concisas e intensa participação de todos os presentes, colocou em pauta a longevidade, o envelhecimento e doenças raras como a Fibrose Pulmonar Idiopática (FPI).

O movimento já conta com mais de 160 edições no formato de cafés colaborativos. Desta vez, o encontro aconteceu no espaço YouW Coworking, em São Paulo, e reuniu cerca de 50 pessoas.  E contou com quatro expositores que motivaram os participantes nos temas ligados à longevidade e envelhecimento.

O médico pneumologista Mauro Gomes, responsável pelo Instituto Paulista de Pneumologia e professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, falou sobre Fibrose Pulmonar Idiopática.

Os outros expositores foram a psicóloga e gerontóloga Ana Fraiman, que expôs a realidade familiar que tem uma pessoa com Alzheimer; e o clown e empreendedor social Olivier Hugues Terreault, que apresentou seu amplo trabalho em hospitais com pacientes em condição de fragilidade.

E Antoine Daher, presidente da Casa Hunter, instituição voltada para ampliar o conhecimento sobre doenças raras, reforçou o tema apresentado pelo Dr. Mauro Gomes e ressaltou a importância da divulgação dessas ações.

Imagem de um favo de mel Lab60+

O Dr. Mauro Gomes dedicou sua palestra para esclarecer sobre a Fibrose Pulmonar Idiopática – que tem sido tema aqui no portal avŏsidade –, apresentando as características da doença e a importância de conhecer os sintomas, sem subestimá-los ou confundi-los com outros sinais típicos do envelhecimento.

Utilizando a imagem de um favo de mel, o Dr. Mauro Gomes exemplificou o estado de um pulmão acometido por Fibrose Pulmonar Idiopática, demonstrando como a doença provoca dificuldades respiratórias aos portadores.

Lab60+

O público participou ativamente do debate sobre doenças raras, como as doenças respiratórias graves em idosos

O pneumologista também citou os principais sintomas, como falta de ar, fadiga excessiva e tosse seca. E esclareceu sobre a importância de um diagnóstico precoce para que o tratamento seja capaz de desacelerar a progressão da doença. E proporcionar mais qualidade de vida ao paciente.

O diagnóstico é feito a partir de tomografia e exame de função pulmonar. “A FPI causa a cicatrização de partes do pulmão. O termo ‘idiopática’ significa que a doença é de causa desconhecida. No início, os sintomas são poucos, mas pioram com o tempo”, explicou o especialista.

Ele ressaltou a importância do apoio da família ao idoso que desenvolve a doença e torna-se cada vez mais dependente.

A importância da divulgação Lab60+

Segundo dados do IBGE, mencionados pelo médico, em 2035 a população de idosos no Brasil será maior do que a de crianças, e em 2050 essa proporção deve alcançar 72% a mais de idosos. “Isso demonstra o quanto precisamos dar atenção às questões que envolvem o envelhecimento”, disse o Dr. Mauro Gomes.

Ele também chamou a atenção dos participantes para a Semana Mundial de FPI, que este ano acontece de 15 a 23 de setembro. Ressaltou ainda a importância da divulgação da doença para aumentar a eficácia do seu controle.

Lab60+

Dr. Mauro Gomes, gerontóloga Ana Fraiman, clown Olivier Hugues Terreault e Antoine Daher, da Casa Hunter

“Hoje em dia, com o auxílio da tecnologia, a oportunidade de falar com pequenos grupos é fundamental porque se cada um replicar em suas redes sociais o que foi dito aqui, podemos atingir milhares de pessoas a partir de dezenas”, disse.

O formato do evento tem como dinâmica, antes das palestras, a oportunidade de cada um dos presentes se apresentar no tempo em que consegue segurar um palito de fósforo aceso. É uma forma criativa e divertida de estimular a interatividade.

Então. Então. Então. Então. Então.

Então. Então. Então. Então. Então.

E mais… Lab60+

Veja também no portal avŏsidade:

Fibrose Pulmonar Idiopática: importância do tratamento adequado

Evento debate envelhecimento saudável e ativo

O que atrasa o diagnóstico da Fibrose Pulmonar Idiopática (FPI)?

Ação utiliza o Escape Game para conscientização sobre Fibrose Pulmonar Idiopática

Doença crônica e pouco conhecida, FPI confunde

Então. Então. Então. Então. Então.
 
Então. Então. Então. Então. Então.

Acompanhe o portal avŏsidade também no Facebook!

 

Posts relacionados

*

Topo