Muito prazer, Ravi

Ravi
Avó Márcia finalmente pode segurar o neto no colo, meses depois de nascido, e enfim sente de perto o amor que já sentia à distância

Por Márcia Mai Ovando

Alegria de conhecer o neto após a longa espera

Assim como muitas pessoas, me encontro em isolamento desde março de 2020. Moro sozinha em Campos do Jordão, praticamente isolada de quase tudo. Daí, é inevitável que uma grande onda de tristeza apareça sem ser chamada, assim como o choro. Ravi

Então, cada telefonema, mensagem, foto ou coraçãozinho que recebo, principalmente dos filhos, noras e neto me tranquiliza, me deixa bem mais animada.

No início de dezembro minha nora ligou me dando a boa notícia de que no dia 15 ela e meu filho viriam passar o dia comigo para que eu conhecesse meu neto de quase três meses.

Fiquei radiante em saber que teria meu neto nos braços e, também porque estaríamos juntos, mesmo que fosse só por algumas horas, pois desde dezembro de 2019, para tristeza minha, não nos víamos e eu sinto sempre muita saudade de todos.

Preparativos Ravi

Dias antes preparei para eles levarem para casa uma boa caponata e pães-de-minuto que meu filho tanto gosta e para a nora fiz um belo par de luvas em crochê com lã natural.

Para o almoço pensei na praticidade da comida, assim aproveitaríamos bem mais o tempo!

Enfim o dia esperado chegou e aqui, comigo, filho e nora sem os abraços, sem os beijos, mantendo a distância e os cuidados recomendados, mas só alegria!

E então conheci o pequeno Ravi. Por alguns minutos fiquei em silêncio só admirando seu rostinho suave, seus olhos já tão expressivos e suas mãozinhas ágeis. Fofinho, lindo, querido demais.

Meu neto no meu colo, um momento muito esperado, tão especial e com certeza para mim, inesquecível!

Abençoados os netos que tanto adoçam nossa alma!

Minha gratidão por esse dia, Amanda e Thiago.

Então. Pois. Então. Pois. Então. Pois. Então. Pois. Então.

Então. Pois. Então. Pois. Então. Pois. Então. Pois. Então.

E mais…

Veja também no portal avŏsidade:

A Páscoa que não houve

Helena

Netos em três continentes

Ser avó em plena pandemia

Alegria em dose dupla

Então. Pois. Então. Pois. Então. Pois. Então. Pois. Então.

Então. Pois. Então. Pois. Então. Pois. Então. Pois. Então.

Acompanhe o portal avŏsidade também no Facebook e no Instagram!

 

Márcia Mai Ovando é avó do Ravi

Posts relacionados

*

Topo