Quem sabe brincar trata coisa séria com leveza

Quantas pessoas você conhece que viveram até os 100 anos? – pergunta a autora, que ajudou a soprar as 100 velinhas do bolo de aniversário do avô

Por Jorge Luiz de Souza

► A autora já foi profissional de brincadeiras, trabalhando como designer de jogos, e publicou 15 livros para os públicos infantil e juvenil. Isto a credencia a abordar com leveza, sem tristeza e de forma bem natural um tema que muita gente evita a todo custo, sem saber quanto isso pode custar no futuro.

O novo livro de Sílvia Zatz é delicado, poético, mas não é brincadeira. Chega com a desafiadora missão de ajudar na preparação das crianças para a dura realidade de lidar com a perda de um parente, amigo ou animal de estimação, uma situação que pode acontecer com qualquer um em qualquer idade.

Ela defende a opinião de que os adultos devem preparar as crianças com clareza e honestidade porque, quando elas são protegidas dos impactos emocionais, tendem a crescer em um mundo de ilusão e, mais tarde, terão dificuldades.

Assim, ela aproveitou a sorte de ter um avô que viveu até os 100 anos e construiu uma história que ajuda os pequenos leitores a perceberem como é possível, em um momento de dor e tristeza, preservar a memória de um ser querido.

O titulo é Meu bisavô porque ela se inspirou na convivência com os bisnetos do avô dela (Sílvia nasceu em São Paulo, em 1969). “Quando meu avô faleceu, as crianças apareceram com muitas dúvidas para as quais eu não tinha respostas e me despertaram a vontade de tratar do tema”, diz ela.

Mas não é uma obra pesada. As ilustrações, por exemplo, são alegres, explica a ilustradora Paula Juchem, que nasceu no Rio Grande do Sul e atualmente mora em São Paulo. É em São Paulo que o livro será lançado neste domingo, dia 8 de novembro, às 15h30, na Livraria Martins Fontes da Avenida Paulista nº 509.

A autora Sílvia Zatz publicou seu primeiro livro – O clube dos contrários – em 1999 e desde então já teve vários livros recomendados pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), entre eles Planeta corpo, Quem sou eu e O porquê dos por quês.

Em parceria literária com Michel Gorski escreveu o juvenil Por um triz (de 2012, publicado pela Editora Rocco) e os infantis Irerê da Silva e A mão livre do vovô, além do romance O soprador, estes três lançados pela Editora Terceiro Nome, a mesma que publica Meu Bisavô.

 

Serviço:

Meu bisavô

Editora Terceiro Nome

48 páginas em brochura

R$ 35,00

Lançamento: 8 de novembro, domingo, das 15h30 às 18h30

Livraria Martins Fontes (Avenida Paulista nº 509, Bairro Cerqueira César, São Paulo)

Esta é a capa do livro:

Meu-bisavo-capa-7

 

Jorge Luiz de Souza é jornalista e avô de quatro netos, mais um que está sendo preparado pra nascer em 2016

Posts relacionados

*

Topo