Sai o compositor do Carnaval, entra o artista plástico

Ele se destacou como compositor de sambas e um grande sucesso no Carnaval, mas encerrou a carreira artística como um pintor de renome

[clique nas setas laterais da imagem para girar o carrossel]

 

► Heitor dos Prazeres foi no início do século 20 um dos grandes compositores de samba no Rio de Janeiro, cidade onde ele nasceu. Seu maior sucesso carnavalesco foi Pierrô Apaixonado, que ele fez em parceria com Noel Rosa.

Foi também um dos fundadores da Escola de Samba Portela. A escola foi a primeira vencedora no concurso entre escolas de samba em 1929. E com a composição de Heitor  “Não Adianta Chorar”, que é sucesso até hoje.

Compositor premiado

Como pintor, ele ganhou diversos prêmios, entre eles o 3º lugar para artistas nacionais na 1ª Bienal Internacional de São Paulo. Em 1954 criou os cenários e figurinos para o Balé do IV Centenário da Cidade de São Paulo.

Heitor nasceu em uma família simples de descendentes de escravos, mas em um ambiente musical. Seu pai era marceneiro, mas também era clarinetista da banca da Guarda Nacional. Heitor também cursou escola profissionalizante de marcenaria, além de ter trabalhado como engraxate e jornaleiro.

 

Posts relacionados

*

Topo