Aventura dos passarinhos diverte e ensina

Aventura de ficção para crianças conta a história do pequeno bem-te-vi (à esquerda, de peito amarelo) enfrentando um gavião grandão

Por Jorge Luiz de Souza

► “A perigosa vida dos passarinhos pequenos”, livro publicado pela Editora Rocco, é, antes de tudo, feito para divertir as crianças, mas não fica só nisso, porque dá uma verdadeira aula sobre esses animaizinhos que apaixonam todos que os observam.

Além disso, também serve como um guia para quem quer começar a se embrenhar nos bosques e florestas para ver e ouvir essas criaturinhas, e conhecer um pouco dos seus hábitos.

É assim que o livro consegue ir além do seu objetivo básico e ajuda a criar nas crianças uma vontade danada de conhecer melhor a natureza. Com isso, contribui para formar uma consciência ambiental nas pessoas desde pequenas.

Foi a primeira obra de ficção da jornalista Míriam Leitão, que garante ser a história baseada em fatos reais, que ela presenciou na Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), que ela mantém em Minas Gerais com o marido, o sociólogo Sérgio Abranches.

Certo dia, para surpresa dela, pequenos pássaros atacaram seu predador, o temível gavião. Vamos contar só um pouquinho da história: os pequenos pássaros, ameaçados por um gavião, resolvem contra-atacar, e o pequeno bem-te-vi lidera um grupo força o predador a ir embora com bicadas na cabeça.

Para quem não conhece passarinhos, uma dica: o bem-te-vi, apesar de pequenino, é muito inteligente e conhece a maneira como o gavião ataca. Por isso, não tem medo e chega a ser “folgado” diante do grandão.

Capa-livro-Passarinhos-pequenos-770x1190

A autora já contou em entrevista aqui no portal avǒsidade que a ideia de escrever literatura infantil surgiu anos atrás, quando ela se tornou avó e voltou a prestar atenção no universo das crianças pequenas.

Mas, por seu cacoete de jornalista, não ficou só a imaginação para criar o livro e partiu para a pesquisa. Descobriu dois especialistas em aves, que entrevistou exaustivamente. Outra grande ajuda a autora teve do ilustrador Rubens Matuck, e uma amostra do trabalho dele você vê aqui, nesta resenha.

 

Jorge Luiz de Souza é jornalista e avô, e também gosta de observar passarinhos

Posts relacionados

*

Topo