Conversa de vo

Uma porção de dicas para exercer a avosidade participativa

Esta semana, o seu portal “avosidade” chega com um leque ainda mais variado de informação e entretenimento.

No canal “vo brinca”, uma dica cultural pra marcar dois gols ao mesmo tempo: levar as crianças a partir de três anos a um raro programa de iniciação musical e ajudar crianças e adolescentes carentes a sair da pior situação do mundo, que é a doença.

Aprendiz de Maestro 770

No canal “neto curte vo”, o escritor Xikito Affonso Ferreira faz um relato cheio de emoção sobre os ensinamentos que recebeu do avô, o renomado pensador Alceu Amoroso Lima, cujos escritos sob o pseudônimo de Tristão de Ataíde o levaram à Academia Brasileira de Letras. Xikito, que publicou este ano um livro sobre o próprio avô,

A vovó entrevistada desta semana no canal “vo fala” é uma publicitária premiada, Lúcia Cucci, que consegue harmonizar a vida profissional competitiva com toda a ternura das antigas vovós que ganham os netos pelo estômago. Curta a receita de sucesso dela…

Os avós que escrevem nesta semana trazem experiências bem distintas. O vovô e jornalista Luiz Roberto Serrano conta que gosta de palhaçar com a neta Cacá, e gostaria de agarrar o neto Tom, mas não pode, porque ele mora com os pais na Europa. “Sou um vovô Skype e WhatsApp.”

Já a vovó e jornalista Lenita Outsuka, que também tem dois netos, ambos sempre bem perto, confessa sua dificuldade para obedecer os limites da avosidade e que às vezes atravessa o sinal vermelho, porque “é melhor pedir perdão do que permissão…”

O canal “vo canta”, que já lhe proporcionou conhecer raridades em matéria de canções de ninar, como uma linda cantiga japonesa e a preferida da criançada da região amazônica, agora ajuda o vovô a criar sua própria historinha cantada. Não perca essa dica.

Obrigado pela visita e continue conosco.

 

Acompanhe o portal avosidade também no Facebook, Instagram e podcast+!

Jorge Luiz de Souza

Jornalista, editor do portal avosidade e avô de Mateus, Sofia, Rafael, Natalia, Andrew, Thomas e Cecilia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.