Dr. Beny Schmidt: discussão na família

Segundo o autor, é nos momentos familiares ingratos que podemos praticar a sabedoria que adquirimos com a idade, com nosso refinamento

Por Beny Schmidt

Palavra de especialista

► Os netos brigam entre si. Os filhos também. Quando há discussão, os avós tentam a conciliação. Nós avós ficamos tristes nessas horas. Mas elas acontecem e têm, talvez, um significado profundo.

Na condição humana, ao contrário dos demais seres vivos, nascemos absolutamente imaturos física e espiritualmente. Somos os únicos da natureza que evoluem durante a vida adquirindo sobretudo conhecimento e experiência.

Na verdade, parece que o arquiteto da existência nos criou para melhorarmos durante a nossa jornada.

Nesses momentos familiares ingratos, podemos então praticar a sabedoria que adquirimos com a idade.

Com muita calma, saber escutar as reivindicações dos filhos e netos, para que, com amor e no diálogo, diminuam as disputas.

Utilizar histórias do passado e do presente, trocar de assunto, fazer uma graça na hora certa, prometer um presente, por que não?

Vale tudo nesse teatro pela saúde de uma família, que por sua vez é o tesouro mais precioso de nossa vida.

As discussões nas famílias fazem parte do nosso refinamento, do nosso profundo entendimento, nós nascemos para melhorar!

 

Sobre o Dr. Beny Schmidt

Beny Schmidt é chefe e fundador do Laboratório de Patologia Neuromuscular da Escola Paulista de Medicina. É também professor adjunto de Patologia Cirúrgica da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Ele e sua equipe são responsáveis pelo maior acervo de doenças musculares do mundo. São mais de 12 mil biópsias realizadas. E ajudaram a localizar, dentro da célula muscular, a proteína indispensável para o bom funcionamento do músculo esquelético – a distrofina.

Possui larga experiência na área de medicina esportiva, na qual já realizou consultorias para a liberação de jogadores no futebol profissional e atletas olímpicos. Foi um dos criadores do primeiro Centro Científico Esportivo do Brasil, atual Núcleo de Reabilitação Esportiva Fisioterápica e Fisiológica (Reffis), do São Paulo Futebol Clube, e do Cecap (Centro Esportivo Clube Atlético Paulistano).

Em 2016, recebeu o registro de qualificação de Especialista em Neurologia. Com isto, tornou-se o único médico que acumula os títulos de patologista e neurologista fora da Europa (apenas um médico na Europa também acumula estes dois títulos).

Seu livro mais recente, “O Médico”, a ser lançado em novembro de 2016, conta casos reais e inusitados em que o especialista conseguiu, de forma surpreendente, dar esperança a pacientes já sem força e vontade de viver. O livro é uma apologia à medicina humanista e tem como principal objetivo gerar uma reflexão entre os médicos brasileiros.

A inspiração veio do livro “O Homem que Confundiu sua Mulher com um Chapéu”, em que o cientista e neurologista Oliver Sacks transforma casos clínicos em artefatos literários.

O Dr. Beny Schmidt é filho do médico Benjamin José Schmidt, que foi o responsável por introduzir no Brasil o “teste do pezinho”.

beny-o-medico-capa

 

Beny Schmidt é médico e cientista, e também é avô de Luke Benjamin, e dá sua “palavra de especialista” mensalmente no portal avǒsidade

Posts relacionados

Um comentário

*

Topo