Encontros avŏsidade-Unibes já são realidade

Encontros
A marca do evento foi: a plateia participa mesmo, especialmente tratando do tema que é o coração do portal – a relação entre avós e netos

Por Elisabete Junqueira e Jorge Luiz de Souza

Especialistas debatem conflitos intergeracionais no século 21

Foi um êxito a abertura da série de encontros em que o portal avŏsidade coloca seu público fiel em contato direto com os especialistas que as pessoas já estão acostumadas a seguir no site. Pois a marca do evento foi: a plateia participa mesmo!

A série começou tratando do tema que é o coração do portal – o relacionamento entre avós e netos, sem esquecer, no entanto, que existe uma geração no meio.

O evento foi realizado na Unibes Cultural, em São Paulo, no dia 20 de março, e contou com a participação da psicóloga e psicopedagoga Dra. Elizabeth Monteiro, da advogada Dra. Ligia Bertaggia e do gerontólogo Dr. José Carlos Ferrigno. A mediação, e assim será em toda a série, ficou a cargo de Elisabete Junqueira, criadora e editora do site.

A série de eventos de 2018 é intitulada “Longevidade – O desafio do século 21”. O primeiro evento da série abordou os “Conflitos Intergeracionais”. E então os participantes participaram mesmo! Assim, além de interagir com os especialistas, foram agraciados com livros da palestrante Dra. Elizabeth e com brindes da linha VôVó da Natura.

O público presente pôde participar ativamente com perguntas que estimularam os palestrantes. Também pela internet, os seguidores do portal avŏsidade puderam, pois então, enviar suas questões que não ficaram sem resposta dos especialistas.

O primeiro a perguntar, enfim, foi Ronaldo Rissetto, Secretaria de Direitos Humanos da Prefeitura de São Paulo.

Outros participantes também interagiram com os palestrantes perguntando, por exemplo, sobre a tecnologia entrando na vida das famílias, situações de conflito, acolhimento, diversidade…

Antes de ver as palestras do primeiro encontro avŏsidade-Unibes Cultural, está na hora de se inscrever para o próximo evento. A inscrição pode, assim, ser feita acessando o link a seguir: http://unibescultural.org.br/calendario/portal-avosidade-palestra-gratis-longevidade/

Dra. Elizabeth encontros

A psicóloga e psicopedagoga Elizabeth Monteiro falou a respeito da relação entre avós e pais na criação das crianças. “O principal erro de muitos avós é não dar espaço para os filhos nesse sentido, os avós são excelentes na resolução de conflitos, mas desde que sejam requisitados. Embora a gente pense que saiba tudo, temos que fazer de conta que não é conosco”, disse ela que é avó de seis netos.

Dra. Ligia encontros

A advogada Ligia Bertaggia, que está grávida, fez a palestra sentada, com auxilio audiovisual, e explicou, pois, como são os direitos e deveres dos avós, segundo a lei.

Especialista em assuntos de família e sucessões, ela afirmou que em qualquer situação de conflito familiar em que os avós sejam proibidos de ver o neto, a criança sempre deve ser privilegiada.

“Essa convivência é resguardada pela lei. A lei 12.398, de 2011, trata dos pais e se estendeu aos avós, tamanha a importância deles na vida dos netos. Essa convivência é, portanto, essencial para o fortalecimento das relações familiares”, explicou.

Segundo a Dra. Ligia, caso os avós passem por uma situação de separação conflituosa entre os pais, que envolva disputas na Justiça, os avós devem exercer. assim, o direito de convivência antes do fim do processo.

“Isso é uma maneira de se mostrar para o juiz o prejuízo que pode existir em não se conviver com a criança. É preciso, pois, que todos saibam que filho não é propriedade dos pais. A criança faz parte de toda uma família, incluindo avós, tios, etc.”

A advogada também falou a respeito da questão de pensão alimentícia das crianças, em caso de separação dos pais. “Os avós podem ser acionados, então, caso o pai não tenha condições de arcar com essa despesa.”

Dr. Ferrigno encontros

O experiente gerontólogo Dr. Ferrigno demonstrou o quanto os avós são mais ativos hoje em dia em comparação com décadas passadas. “Atualmente, a participação social dos mais velhos é muito maior do que antes. Houve, portanto, um progressivo empoderamento dessas pessoas.”

“Na década de 1960, a os aposentados dependiam muito da família. Agora é diferente. Se a filha pergunta quando a avó pode ficar com o neto, ela vai dizer que só pode na quinta-feira porque nos outros dias tem baile, hidro e outras tarefas.”

Ele também destacou que, na medida em que os mais velhos se tornaram mais independentes, criou-se um certo conflito: “a partir dos anos 2000, com uma maior dificuldade de se entrar no mercado de trabalho, alguns filhos voltaram para a casa dos pais e o discurso então mudou. Algumas senhoras me diziam: ‘estava bom quando eu tinha a casa só para mim’. É o reverso da sensação do ninho vazio”.

O psicólogo também deu outro exemplo do conflito intergeracional. “Quando a PUC de São Paulo criou a Universidade Aberta da Terceira Idade, os alunos mais jovens reclamaram que a presença dos alunos idosos atrapalhava o uso do elevador”, disse. Por fim, ele ainda citou como hoje as relações entre jovens e maduros se dá com as redes sociais: “há um distanciamento de ordem afetiva. Não existe mais o diálogo. Só uma proximidade física”.

Abril é o mês da saúde encontros

Agora em abril, será a vez de tratar a saúde. O encontro será na terça-feira, dia 24 de abril, com o tema: “Requisitos de saúde para uma longevidade plena”.

Mais uma vez, acontecerá na Biblioteca do 2º andar da Unibes Cultural, no período da tarde (das 14h30 às 16h30).

Serão discutidas as doenças que podem surpreender na maturidade, abordadas por especialistas que orientam como é possível prevenir ou minimizar suas consequências. E, pois, como em toda a série de eventos, o encontro é aberto a perguntas, com interatividade.

Resto do ano

Durante todo o ano, o portal avŏsidade vai realizar uma rica programação de outros encontros com especialistas. Confira, então, como serão nos próximos meses:

Maio

Tema: Sempre bonita, da infância à maturidade

Local: Auditório

Data: 23/05, quarta-feira, das 14h30 às 16h30.

A vaidade como virtude e a autoestima passada para as novas gerações, uma conversa com mulheres, estimulada por quem entende do assunto, mas que também pode despertar a curiosidade masculina.

Aberto a perguntas com interatividade.

Junho

Tema: Finanças com maturidade, mas em dia com as novidades

Local: Auditório

Data: 26/06, terça-feira, das 14h30 às 16h30.

Como aproveitar a sabedoria dos longevos, mas se manter atualizado com a dinâmica do mercado no trato das finanças pessoais.

Aberto a perguntas com interatividade.

Segundo semestre encontros

Agosto

Tema: A fórmula da família tem afetos, direitos e deveres

Local: Biblioteca

Data: 21/08, terça-feira, das 14h30 às 16h30.

Especialistas da área do Direito debatem as demandas da atualidade nos conflitos familiares.

Aberto a perguntas com interatividade.

Setembro

Tema: Gerações estreitamente conectadas

Local: Biblioteca

Data: 25/09, terça-feira, das 14h30 às 16h30.

A web aproximando as pessoas nas relações familiares.

Aberto a perguntas com interatividade.

Outubro

Tema: Saúde também se administra

Local: Biblioteca

Data: 23/10, terça-feira, das 14h30 às 16h30.

As alternativas para tirar o melhor proveito pessoal no trato com os planos de saúde e convênios médicos, um debate orientado por gente que domina as mudanças constantes no assunto.

Aberto a perguntas com interatividade.

Novembro

Tema: Programas de viagens e passeios com as crianças e adolescentes

Local: Biblioteca

Data: 27/11, terça-feira, das 14h30 às 16h30.

Especialistas trazem ideias criativas para as pessoas maduras que planejam fazer programas divertidos com netos, sobrinhos, sobrinhos-netos, afilhados…

Aberto a perguntas com interatividade.

E mais…

Veja também no portal avŏsidade:

Dra. Elizabeth Monteiro: É preciso quebrar a corrente de conflitos familiares

Dra. Ligia: os avós e a prestação dos alimentos

Dra. Denise Zilio: o direito de visita dos avós aos netos

Dra. Elizabeth Monteiro: Quando os pais se separam

Dr. Fabio Ancona: a importância das avós para as famílias

Dr. Pitangueira: os avós e os netos autistas

Acompanhe o portal avŏsidade também no Facebook!

 

Elisabete Junqueira e Jorge Luiz de Souza são fundadores do portal avŏsidade e avós de Mateus, Sofia, Rafael, Natalia, Andrew e Thomas

Posts relacionados

*

Topo