Gerações

Christina Carvalho Pinto: avó é pra ser lembrada como pessoa amorosa

Com o neto Lucas, de 7 anos, a publicitária Christina redescobriu a capacidade de brincar e agora se sente a rainha das brincadeiras

● Entrevista com publicitária Christina Carvalho Pinto

 

Quem conhece profissionalmente a publicitária Christina Carvalho Pinto, executiva poderosa com destacada trajetória no mercado brasileiro, não consegue imaginá-la no modo vovó, que almeja ser lembrada pelo neto Lucas, no futuro, como uma pessoa amorosa.

Ganhadora de incontáveis prêmios nacionais e internacionais do mundo da propaganda ao longo das três últimas décadas (só um exemplo, foi eleita duas vezes (2004 e 2007) “A Mulher Mais Influente do Brasil no setor de Marketing e Publicidade”), ela comandou várias agências da primeira linha no mercado brasileiro e é tida pelos colegas como a pessoa mais citada nos livros sobre propaganda já publicados no país.

É sócia-fundadora do Grupo Full Jazz de Comunicação, mas tem ao mesmo tempo múltiplas atividades, entre as quais se sobressai a de líder no Brasil plataforma sobre inovação e sustentabilidade Mercado Ético, considerada a maior iniciativa do mundo nessa área.

Suas sentenças são sempre definitivas, até quando fala com o coração. “Avó é uma mãe que não tem a verdadeira missão da mãe, aí é uma mãe permissiva, uma mãe distorcida”. Quer saber o que ela pensa dos avós derretidos que dizem pro neto que ele é sua razão de viver? Então não perca os vídeos da entrevista, na seleção dos principais trechos que você pode assistir a seguir.

 

O que somos

Somos o que é percebido, e não o que nós dizemos

 

Avó aprendiz

Antes do neto, a capacidade de brincar estava adormecida

 

Rainha sem medo

Neto a faz se sentir a rainha das brincadeiras, sem medo de errar

 

Razão de viver

Cada um tem um jeito de ser, mas sem exagero…

 

Mãe distorcida

Avó é uma mãe que não tem a verdadeira missão da mãe

 

Marcas profundas

Os pais não podem delegar a maternidade/paternidade

 

Complicômetro

Os avós precisam entender que pais e filhos têm sua agenda

Agenda dos avós deve respeitar o tempo livre dos pais

 

O que fica

Ah, a vontade de ser lembrada pelo neto adulto como avó amorosa

 

Sem programação

O jeito de valorizar as pequenas coisas e evitar a hiperexcitação

 

Acompanhe o portal avosidade também no Facebook, Instagram e podcast+!

Elisabete Junqueira

Publicitária e jornalista, fundadora e editora do portal avosidade, avó de Mateus, Sofia, Rafael, Natalia, Andrew, Thomas e Cecilia Marie

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.