Vó Rita: como fazer pão sem usar máquina

Vovó Rita Gargioni, autora de livros de receitas para crianças, apresenta nova receita que combina ingredientes saudáveis e ótimo sabor

Por Elisabete Junqueira e Jorge Luiz de Souza

● A cozinha das vovós de hoje

► Se você não experimentou a receita de pão com a massa batida numa máquina apropriada, porque ainda não comprou o seu equipamento, agora seus problemas acabaram. É só um pouquinho de esforço para sovar a massa manualmente. Aqui, você terá todas as dicas, passo a passo, mostradas em vídeos superdidáticos pela vovó Rita Gargioni, tecnóloga em gastronomia, com especialização na Suíça, autora de três livros de sucesso com receitas de alimento saudável para crianças.

Desta vez, vó Rita ensina a fazer pão do jeito mais artesanal, mas os cuidados com os ingredientes são os mesmos da receita de pão com a massa batida à máquina. Vamos aos vídeos, e, mais abaixo, você encontrará a receita completa e muitas dicas.

Máquina

Ingredientes
Primeiros passos: colocar só metade da quantidade recomendada na receita…

“Vamos sovar o pãozinho…
…uns pedacinhos.”

Aos poucos
A dica é ir misturando aos poucos para não colocar ingrediente em excesso

“Então, ainda está muito molhado…
…mais fácil pra sovar.”

Na pedra
Ponto certo significa que a massa não pode grudar, mas não pode ficar dura

“Quase bom, ela não pode grudar…
…o ideal é que não se coloque mais.”

Ginástica
Sovar 100 vezes ou 10 minutos, não precisa nada disso porque sovar é cansativo

“Tem gente que diz…
 …fazer as bolinhas, ok?”

Boleando
Fazer bolinhas bem lisinhas e colocar o recheio, veja como é o jeito certo

“Bom, gente, a massa já descansou…
 …o recheio fica bem no meio.”

Recheios
Dicas para não grudar na assadeira e para saber o recheio de cada pão

“Bom, essa minha assadeira, ela está com silicone…
 …pronto, esse é de goiabada.”

Espaçamento
Como a massa cresce, tem de prever isso ao colocar as bolinhas na assadeira

“O espaço bom é esse aqui…
…então, vamos botar nossa bolinha em cima… ok?”

Descanso
Quem se cansa é quem prepara, mas a massa precisa descansar, e tem um macete…

“Uma coisa importante…
 …e vou deixar crescer.”

Crescimento
Para cada bolinha alcançar o ponto ideal, é preciso esperar entre uma e duas horas

“Bom, então agora é hora de crescer…
 …é só deixar aqui, ok?”

Esfriamento
Outra dica muito prática é ter uma grade para esfriar os pães assim que saem do forno

 “Tá bonitinho, já, moreninho…
 …depois nós vamos provar”

A prova
Mais uma dica: pode também fazer recheio Romeo e Julieta, misto de queijo e goiabada

“Bem, aqui estão os nossos pãezinhos…
 …até já, gente, bye, bye.

 

paes-770x616

Pão de aipim

Também pode ser pão de batata ou de batata baroa com cenoura…

Ingredientes:
1 ovo
1 copo de 1/3 de água morninha
1 colher das de sobremesa de sal
1 colher das de sobremesa de açúcar
1/3 de copo de óleo
1 prato de sobremesa de aipim cozido e amassado (aproximadamente 200g)
4 copos de farinha de trigo peneirada
1 colher das de sopa de fermento biológico seco

Modo de preparo:

– Coloque 3 copos da farinha em uma vasilha redonda média e faça uma cova
– Nesta cova coloque o ovo, a água, o sal, o açúcar, o óleo e o aipim.
– Coloque o fermento e comece a mexer em círculo, com as mãos, de modo que vá agregando a farinha de trigo
– Misture bem e se ainda estiver grudando, coloque aos poucos o quarto copo de trigo que sobrou.
– Se precisar pode adicionar mais trigo. A quantidade de trigo pode variar em função da capacidade de absorção de sua farinha, do tamanho do ovo etc.
– Antes de colocar mais trigo, lave as mãos para tirar possíveis resíduos e seque bem. Então volte à massa e veja se precisa realmente mais trigo.

A massa tem que ficar firme mas macia.
– Acabe de sovar por uns 5 minutos mais e depois deixe descansar por 1 hora mais ou menos.
– Faça bolinhas como mostra o vídeo e coloque um pedacinho do seu queijo favorito, ou goiabada, e até mesmo um pedaço de chocolate!
– Deixe crescer por 1 ou 2 horas dependendo do calor do dia. Deve dobrar de volume.
– Passe gema por cima para dar brilho e leve ao forno pré aquecido a 180º por uns 30 ou 40 minutos.
– Deixe esfriar em cima de uma grade para não suar por baixo.
– Pode servir ainda quente para saborear a delícia do queijo derretido.
– Pode congelar por uns 30 dias, dentro de sacos plásticos protegidos por papel absorvente.

Sugestão: Esta receita pode ser feita também com outro tipo de batata e cenoura. Amasse e substitua o aipim. Todos ficam deliciosos.

As dicas da cozinheira experiente

O item mais importante do pão é a farinha de trigo. Farinha de trigo comum de bolo dificilmente dará um pão macio. Utilize farinha especial para pães. Eu não deveria aqui fazer propaganda de marca de farinha de trigo pois não tenho nenhum tipo de privilégio, mas pelo bem do pãozinho de vocês, vai lá: Dona Benta embrulhado a vácuo; e no sul do Brasil temos a Nordeste. Essas duas são mais fáceis de achar. Alguns supermercados oferecem algumas importadas. Vale a pena testar.

O segundo item mais importante é o fermento. Eu costumo usar o biológico seco, aquele que vem em sache. Acho mais fácil e tem durabilidade maior. Depois de abrir o sache, conserve bem fechado por até 2 semanas na geladeira.
Da mesma forma que os biscoitos, não coloque todo o trigo de uma vez. Coloque metade, mexa bem e vá colocando o restante aos poucos. Lembrando que os ovos têm tamanhos diferentes e a farinha de trigo também absorve diferentemente de uma marca pra outra. Desgrudou da mão pare!! Assim crescerá mais rápido e ficará mais macio.

Máquina Máquina Máquina Máquina

Se você tem daquelas máquinas de pão isso facilitará e muito sua tarefa. Coloque os ingredientes (primeiro os molhados) e deixe-a sovar por você. Acerte a massa. O ponto é quando faz uma bola bonita lisa e que não grude nas paredes internas. Se ficar crespa, ressecada adicione mais um pouquinho de líquido. Se estiver grudando coloque mais um pouco de trigo. Depois que ela parar e começar a crescer (depois de mais ou menos 1 hora) retire e faça os pãezinhos no formato de sua preferência.

Cada receita pode ser dividida em 2 formas de bolo inglês ou fazer umas 20 ou 30 bolinhas.
Coloque num lugar fechado e quentinho e deixe crescer por mais 1 hora. Hora então de enfeitar e ir para o forno preaquecido. Faça uns cortes superficiais com a ajuda de uma faca bem afiada ou uma tesoura para que fiquem mais bonitos. Sementes grudam bem se passar clara de ovo como base com um pincel.
Cuidado para que não passem do ponto. Podem ficar secos e duros. Em torno de 40 minutos ou quando começarem a dourar um pouco está bom.

Como facilitar nosso trabalho

Muitos são os recursos que temos atualmente, que em nada se compara com a trabalheira braçal que nossos avós tinham. Hoje, com planejamento, com alguns instrumentos e uma boa dose de comprometimento, conseguimos realizar esta tarefa com prazer, desprendimento e pouco tempo dispendido. E vale muito a pena.

Para bater a massa dos biscoitos temos a batedeira. E eles, em sua maioria podem ser guardados em latas bem fechadas ou recipientes hermeticamente fechados, por um bom tempo.

Para os pães temos a máquina de fazer pão. O freezer para conservar pães e lanchinhos e retirá-los somente quando for consumir. E nossos fornos, cada vez melhores.

Mais sobre a vovó Rita no avŏsidade:

Vó Rita: como fazer alimento saudável e muito gostoso

Vó Rita: alimentação saudável tem de começar cedo

Acompanhe o portal avŏsidade também no Facebook!

Elisabete Junqueira e Jorge Luiz de Souza são fundadores do portal avǒsidade e avós de Mateus, Sofia, Rafael, Natalia e Andrew

Posts relacionados

*

Topo