Avós não morrem, se transformam…

► Se eu pudesse escolher apenas duas palavras para definir minha infância, elas seriam Luiz e Thereza. Meus avós, pessoas bem diferentes, mas de uma complementaridade ímpar, foram e são até hoje minha principal fonte de inspiração. Foi com eles que aprendi – e vivenciei – o significado de coisas simples, mas poderosas: amor, afeto, … Continue lendo Avós não morrem, se transformam…